Dicas para montar um salão de beleza

Existem setores à prova de crise, se é que podemos dizer assim… Ou que, se não estão completamente blindados, passam pelas instabilidades econômicas sem muito abalo. O de beleza é um deles.

Afinal, com pouco ou muito dinheiro no bolso, precisamos cortar cabelo, retocar a cor das madeixas, fazer um penteado, as unhas e muitos outros serviços que mantêm nossa aparência impecável.

Não é por acaso que o segmento de cuidados pessoas é um dos mais promissores atualmente no Brasil.

Mas é claro que isso, por si só, não é garantia de sucesso. Para ter êxito, um salão de beleza precisa atender a alguns pré-requisitos básicos, incluindo localização e adequação de serviços à clientela escolhida.

Pois se você está pensando em abrir um salão, hoje eu trago dicas para tirar seu sonho do papel. Veja mais detalhes a seguir:

  • Envolvimento é fundamental – o ramo de salão de beleza tem como característica o atendimento prolongado. Precisa ser instalado em ambiente agradável, bem-iluminado, arejado, aconchegante e, é claro, limpo.
  • Entretenimento – outro cuidado especial no atendimento, pois costumamos permanecer bastante tempo no local à espera dos serviços.

Portanto, ofereça diversas opções para distrair a clientela, de forma inteligente, fazendo com que a experiência em seu espaço de beleza seja a mais agradável possível.

Disponibilize revistas variadas, jogos de salão de beleza, televisão, bebidas quentes e geladas, espaço kids, balas, biscoitos e acesso gratuito à internet.

Eles fazem a diferença, e são maneiras de ser lembrado sempre com boas recordações – o que aumenta as chances de retorno ao estabelecimento.

Use a imaginação!

  • Adequação dos serviços – fator decisivo na manutenção do novo negócio.

Tratamentos de beleza variam bastante de preço e se não estiverem adaptados ao poder aquisitivo da área que você escolheu, não adianta investir em publicidade, marketing etc. Como dizemos informalmente: “Não vai rolar…”.

Mas atenção: isso não significa trabalhar com produtos e serviços de qualidade baixa para obter preço final mais competitivo. O ideal é adequar toda a estrutura de despesas do salão ao padrão de consumo do público-alvo.

Lembre-se que tentar impor um padrão absurdamente distante da realidade de seus clientes é um tiro no pé.

Conselhos para quem deseja abrir um salão de beleza

A questão técnica dos profissionais de um salão é importante, mas o bom gerenciamento também é essencial.

Para facilitar a administração, uma dica é adquirir um software específico para esse tipo de negócio. Ele vai ajudar nas tarefas do dia a dia, enquanto sua equipe capricha no visual dos clientes.

Aliás, é preciso ser bastante criterioso na escolha dos colaboradores. Além do know how deles, a contratação deve avaliar sua sociabilidade, respeito e acessibilidade. São detalhes que influenciam muito o sucesso de um salão de beleza.

E ainda: o atendimento deve focar no relacionamento; no comprometimento com a satisfação do cliente. É preciso garantir uma certa rigidez nesse sentido, evitando, entre outras coisas, esperas desagradáveis, que parecem intermináveis.

Faça um sistema eficiente de agendamento e prestação de serviço que otimize o funcionamento e minimize os desconfortos.

Lembre-se sempre: fidelizar os clientes é uma das maiores preocupações em um negócio como um salão de beleza. Cliente satisfeito, além de voltar, divulga o seu negócio. Não há dúvidas!

E atualmente, principalmente com as mídias sociais, ser malfalado pode ter consequências desastrosas – e até mesmo irreversíveis.

Conclusão…

Como você pode notar, salão de beleza é um serviço essencial, menos propenso a crises e retrações do mercado. Uma ótima opção para quem deseja empreender. Porém, não basta abrir as portas e esperar que “chovam” clientes.

Aproveite as dicas para montar um salão de beleza que você aprendeu no artigo de hoje e tome decisões conscientes e planejadas para estruturar e manter o seu espaço.

Boa sorte, e até mais!

Posts Relacionados:

Leave a Reply